Networking: como montar uma boa rede?

Networking: como montar uma boa rede?

Já ouviu falar que todo mundo está apenas a seis pessoas de distância de qualquer outra em uma rede de networking no mundo inteiro? Essa ideia surgiu em um estudo feito nos anos 60 e desde então tem inspirado diversos outros estudos, peças de teatro e filmes de comédia.

Segundo a pesquisa, é preciso de, no máximo, seis laços de amizade ou conexão para que duas pessoas aleatórias no mundo estejam ligadas, sendo elas grandes líderes ou pessoas comuns. Verdade ou não, é uma teoria interessante e mostra a importância de uma boa rede de contatos na vida de um profissional de qualquer área.

O que é networking?

É um termo da língua inglesa usado para descrever uma rede de relacionamentos ou contatos, ou seja, é uma rede de pessoas que trocam informações e conhecimentos entre si, o que pode ser mais valioso do que você imagina.

Um networking rico e variado pode aumentar bastante suas oportunidades de sucesso profissional, através da convivência e do apoio de pessoas com objetivos similares aos seus. Dessa forma, é possível melhorar projetos, fazer ainda mais contatos e criar coisas novas. Mas por onde começar?

Leia também: Empreendedorismo e liderança: juntos para o crescimento da sua empresa

Interação e contatos de qualidade

Vivemos num mundo onde o que você faz, o que você fala e até mesmo seu currículo, chegam ao outro lado do mundo com apenas um clique. Mesmo (principalmente) na internet, precisamos saber nos comportar e relacionar de maneira correta. Isso significa ir além dos seus contatos mais próximos.

Cada interação é uma oportunidade de expandir sua rede de relacionamentos. Não vale ficar esperando as oportunidades chegarem até você, portanto crie-as. Vá a eventos, encontros, fóruns e demais situações que proporcionem interação com outras pessoas.

Sempre bom lembrar: quantidade não é qualidade. Ter cinco mil amigos no Facebook não te faz o mestre do networking, afinal, contatos sem relacionamento são apenas contatos.

Como fazer e cultivar um networking de qualidade?

Por mais impressionante que seja essa lista, pouca gente sabe como trabalhá-la da melhor forma. Imagine só participar de um evento com oportunidade para estabelecer relações. Qual a melhor forma de se preparar? Levando um bolo de cartões para distribuir? Talvez não.

O networking de verdade é baseado em troca. Você não deve pensar apenas em benefícios para si, mas também em oferecer algo. Não se trata apenas de falar, mas também de ouvir. Basta saber se comunicar e demonstrar interesse genuíno no que os outros têm a lhe dizer.

E agora, que tal algumas dicas?

Aproveite cada oportunidade

Aquele seu amigo de longa data, que você não via há muito tempo e o encontrou por acaso em um restaurante, por exemplo, pode ser um contato em potencial. Cumprimente-o, pergunte se ele ainda lembra de você, puxe assunto sem parecer inconveniente. Se você não conhece a pessoa, não custa tentar. Se apresente, simpatia e carisma conquistam as pessoas. Ao menor sinal de constrangimento, peça desculpas e não force a barra. É importante reconhecer que nem todas as tentativas de estabelecer networking vão funcionar.

Leia também: Coworking: o que é e como funciona?

Mantenha os contatos ativos

Não adianta fazer vários contatos em um evento e depois nunca mais dar sequer um “bom dia”. Mantenha comunicação com a pessoa após a ocasião em que se conheceram.

Durante os eventos, você vai estar em contato com várias pessoas em um curto período de tempo. É comum que você encontre um cartão de alguém que conheceu lá e não faça ideia de quem seja. O mesmo pode acontecer com você, afinal as pessoas não têm a obrigação de decorar o rosto de todos os novos conhecidos.

Separe os contatos que você achou interessantes e com alguma chance de crescimento em conjunto, envie um e-mail, adicione em alguma rede social ou aplicativo de mensagens. Foque sempre na relevância. Um contato ativo pode ser um grande diferencial para o seu negócio ou carreira.

Networking não é tirar vantagem de ninguém

Você pode achar que tudo isso parece um tanto quanto superficial: sorrisos falsos, afinidade forçada, conversas mornas, tudo isso vai contra a natureza da maioria das pessoas e pode despertar um sentimento ruim, pois parece que estamos nos aproveitando ou tirando vantagem. É importante fazer com que o outro sinta que irá se beneficiar desse contato.

No mercado, não há espaço para pessoas pouco qualificadas só porque são amigas de alguém. Você deve se mostrar competente em tudo que faz, inclusive em conquistar seus contatos. Nesse tipo de relação, tudo tem a ver com ganhos mútuos e todos ali sabem diferenciar amizades de negócios, mas nem por isso há motivos para não mostrar real simpatia e interesse.

Esteja sempre informado

Para ser notado no seu meio, é imprescindível que você seja uma pessoa inteirada e bem informada sobre a sua área de atuação. Para isso, estude constantemente o mercado de trabalho, leia notícias e artigos sobre áreas de interesse e fique sempre ligado nas novidades.

Participe de fóruns e grupos, converse com outros profissionais, mostre que tem opinião formada. Dessa forma, você pode se tornar referência no que faz, adquirindo mais acesso a oportunidades. Em contrapartida, tenha seus dados sempre atualizados em um currículo ou redes sociais, como o Linkedin.

Gostou deste conteúdo? Curta, compartilhe e deixe sua sugestão ou comentário. E não se esqueça de assinar a nossa newsletter, seu feedback é muito importante para nós. Até a próxima!

Tem dúvidas sobre contabilidade?

Veja Também:

Como Chegar

Clique para acessar o mapa

205 Sul, Av. LO 05, Lote 30-A
Palmas/Tocantins
77015-260
atendimento@primecont.net
63 3216-1284

Ver no Mapa