logo primecont

Gestão Financeira: Conheça os 7 principais erros

Gestão Financeira: Conheça os 7 principais erros

Uma boa gestão financeira leva uma empresa para o caminho do sucesso e da prosperidade, entretanto, a falta dela e erros no controle das finanças de qualquer negócio têm o efeito oposto, podendo, muitas vezes, levar ao fechamento das portas.

Por isso, é muito importante ter um planejamento e um controle financeiro, contando com profissionais e parceiros capacitados para auxiliá-lo nessa área tão estratégica.

No post de hoje, apresentaremos sete erros de gestão financeira que empresas costumam cometer para que você possa evitá-los no seu negócio. Vamos lá?

Erro 1: não possuir sistema de gerenciamento

A utilização de um sistema de gerenciamento é fundamental para o acompanhamento e a gestão da saúde financeira de uma empresa.

Muitos empreendedores começam a fazer esse controle, mas quando o negócio cresce, acabam não dando a atenção devida a ele, deixando, assim, contas acumuladas, fazendo compras erradas, etc.

O sistema ajudará a registrar e a dar acesso aos dados consolidados de sua gestão financeira, tornando possível o controle e o acompanhamento de cada detalhe das operações e dos processos de seu negócio.

Erro 2: não controlar corretamente o fluxo de caixa

O fluxo de caixa é um processo muito importante e que precisa ser conhecido por qualquer empresário. Ele consiste, basicamente, no registro de tudo que foi gasto e dos valores recebidos em um determinado período.

É por meio desse controle que se torna possível conhecer em detalhes, e com precisão, como a verba de sua empresa está sendo utilizada, identificar gastos desnecessários, aplicar de modo mais adequado seu capital de giro, precificar adequadamente seus produtos e serviços e ter um quadro fiel do desempenho financeiro de sua empresa.

Lembre-se de que o controle das contas a pagar e a receber é fundamental, também, para evitar o pagamento de multas ou juros, gastos desnecessários para qualquer empresário organizado.

Erro 3: não registrar todas as operações realizadas

Para uma boa gestão financeira, é preciso ter o controle de todas as operações feitas. Mesmo que sejam gastos pequenos, eles precisam estar presentes na contabilidade e ser registrados para não gerar um furo nas contas no final do mês.

Ainda é muito comum que os empreendedores paguem algumas despesas mais corriqueiras e de menor valor com dinheiro e se esqueçam de registrá-las em seu fluxo de caixa. Não cometa esse, que é um dos mais frequentes erros: se ele for recorrente, pode comprometer, até mesmo, a sustentabilidade de seu negócio.

Erro 4: não conhecer o estoque de mercadorias

Conhecer o estoque de mercadorias significa economia. Se você não conhece o estoque que tem, pode comprar produtos a mais ou ter desperdício de insumos.

No caso da venda no ramo alimentício, por exemplo, é preciso conhecer o prazo de validade dos produtos para não permitir que eles vençam no estoque, antes mesmo de irem para a prateleira.

Além disso, conhecer o estoque significa investir naqueles produtos que, efetivamente, têm fluxo de venda (giro) e que vão auxiliar para que seu negócio obtenha lucro.

Erro 5: calcular errado os preços de produtos ou serviços

Um erro muito comum cometido por empresários acontece no cálculo do preço de produtos e serviços. É comum encontrar alguns empreendedores fazendo a precificação de acordo, apenas, com os valores dos concorrentes, ou sem considerar corretamente todos os custos.

Conhecer esses custos é o primeiro passo para saber se você está indo na direção certa e, assim, decidir se pode melhorar a produtividade, buscar novos fornecedores, ou, inclusive, rever o preço de venda.

Erro 6: não estabelecer um valor fixo de pró-labore

A definição do pró-labore de cada um dos sócios da empresa é fundamental para a gestão financeira. Não ter esse valor acordado outro dos erros comuns de gestão, sobretudo em novos negócios.

Aqueles empreendedores que colocam um valor flutuante e variável mês a mês também podem estar deixando de utilizar sua verba para garantir a sustentabilidade do negócio e tornando mais complexo o controle de sua gestão financeira. O ideal, portanto, é estabelecer um valor fixo, que tornará claro qual é o montante que você vai poder contar mensalmente, facilitando tanto o controle financeiro da empresa quanto o pessoal.

Erro 7: não fazer um demonstrativo de resultados

Para saber se sua empresa está dando lucro ou prejuízo, a planilha de Demonstrativo de Resultados do Exercício (DRE) é fundamental. Nela, devem constar o valor da receita bruta, os custos variáveis de sua empresa (impostos e comissões, por exemplo), margem de contribuição (faturamento menos os custos variáveis) e custos fixos, como gastos ocupacionais e administrativos.

Um bom demonstrativo consegue fornecer um diagnóstico e permite ao empresário identificar onde há um gargalo nas finanças, se a empresa está gastando demais, onde é preciso economizar, etc.

Como é a gestão financeira da sua empresa? Como esses erros são evitados em seu negócio? Compartilhe conosco sua experiência e até a próxima!

Tem dúvidas sobre contabilidade?

Veja também:

Tem dúvidas sobre contabilidade?

logo primecont

633028-3477

205 Sul, Av. LO 05, Lote 30-A, Palmas - Tocantins