Capital social. Descubra sua importância em uma empresa

Capital social. Descubra sua importância em uma empresa

A grande maioria das pessoas, em algum momento da vida, já teve uma grande ideia que poderia mudar a sua vida. Um grande negócio que, se não foi pra frente, possivelmente tenha esbarrou em uma questão-chave: com que recurso eu vou colocar em prática a minha ideia?

Este “ponto de partida” é essencial para qualquer tipo de iniciativa empresarial. Por mais simples e sustentável que seja a ideia, botar um empreendimento para funcionar precisará, minimamente, de um local ou estrutura física, de equipamentos básicos (computador, mesa, prateleira?), de algum insumo ou matéria prima. Enfim, tudo vai depender do tamanho e do porte do empreendimento.

O termo capital inicial pode ser utilizado para esse ponto de partida e pode inclusive ser utilizado para o investimento em atividades informais. Porém, quando se trata de um empreendimento formalizado, que envolva uma constituição jurídica e societária, por exemplo, o nome desse aporte inicial é capital social.

Além de fundamental, o capital social na maioria dos casos é obrigatório para a constituição da empresa. Continue lendo para saber a importância do capital social.

O que é o capital social?

O capital social é a quantia financeira que o proprietário ou os sócios de uma empresa devem investir formalmente como parte do patrimônio líquido total da empresa em seu processo de abertura.

O objetivo deste montante é abranger todas as despesas iniciais para que uma empresa entre em funcionamento e comece a operar, pelo período de tempo necessário para que o negócio consiga caminhar sustentado pelos próprios ganhos.

O capital deve ser definido com base em planejamentos e levar em conta todo tipo de despesas, custos e investimentos que se pretende ter nos primeiros momentos da empresa. Aluguel, contas, pagamento de funcionários, compra de equipamentos e matérias primas, investimento em comunicação e marketing, custos jurídicos e taxas públicas.

Tudo quanto for possível prever deve estar detalhado e quantificado com o máximo de precisão possível, a fim de que o capital social da empresa seja coerente e suficiente em relação à demanda, impedindo, inclusive, que um negócio precise fechar as portas ainda no início das atividades.

Qual a importância do capital social?

A importância primeira e essencial do capital social é aquela a qual já nos referimos ao comentar a sua definição, que trata-se de dar sustento financeiro para a abertura de um novo negócio. Essa é a perspectiva financeira deste investimento.

Essa perspectiva também tem a importância à credibilidade da empresa junto aos credores, ao poder público e aos possíveis financiadores e investidores futuros.

Outra perspectiva relacionada à importância do capital social é a societária, e diz respeito ao poder de decisão na empresa no contexto de uma sociedade. Ao criar-se uma empresa em uma sociedade, cada sócio deve se responsabilizar por uma quantia que constituirá o capital social da empresa, essa quantia de cada sócio deverá constar no contrato social de criação da pessoa jurídica, devendo também ser registrado na Junta Comercial da cidade.

Se na formação dessa sociedade, ocorrer de um dos sócios investir uma quantia maior que a dos outros para a composição deste capital, logo, o voto deste sócio e sua participação nos lucros serão proporcionalmente maiores que a dos outros também.

Isso nos leva a outra perspectiva, também relacionada ao contexto societário, e trata-se do limite da responsabilidade de cada sócio perante a empresa. Em resumo, no caso de uma empresa contrair dívidas que não tenha como pagar com seu capital de giro, o capital social deverá ser acionado e, da mesma forma, a responsabilidade sobre a dívida será dividida proporcionalmente entre a cota de cada sócio.

A constituição do capital social pode ser feita em dinheiro, bens ou direitos (dinheiro ou bem a ser recebido futuramente) e pode ser alterado quando for necessário, para mais ou para menos, desde que justificado e registrado contratualmente para garantir a transparência da operação.

É muito importante ter em mente a importância e o nível de complexidade envolvido na definição de um capital social. Se faz necessária muita clareza sobre os trâmites legais e o funcionamento empresarial, bem como um planejamento detalhado que normalmente está presente no documento chamado “plano de negócio”.

A seriedade com que se estipula e define o capital social terá efeitos futuros sobre a saúde financeira da sua empresa e sobre a credibilidade da mesma diante da comunidade empresarial. Procure um especialista para orientar e contribuir na projeção de gastos, na formação do seu capital social e, até, para te ajudar a conseguir esse capital inicial caso você não o tenha.

O que achou deste artigo? Não esqueça de deixar um comentário caso tenha alguma dúvida, opinião, elogio ou sugestão!

Tem dúvidas sobre contabilidade?

Veja Também:

 

 

Como Chegar

Clique para acessar o mapa

205 Sul, Av. LO 05, Lote 30-A
Palmas/Tocantins
77015-260
atendimento@primecont.net
63 3216-1284

Ver no Mapa