Sazonalidade: você sabe o que é?

Sazonalidade: você sabe o que é?

Muitos empresários só conhecem a sazonalidade quando sofrem seus impactos na prática. É um fator que pode comprometer o desempenho das empresas, mas pode representar também boas oportunidades de negócios. Ao elaborar um plano de negócio, é comum que o empreendedor faça uma estimativa de quanto vai gastar para custear a produção do seu produto ou serviço, qual o volume de vendas, necessidade de investimento em marketing e outros fatores importantes para que as coisas corram como o previsto.

O problema é que quase nunca é levada em conta uma variável importante, que não perdoa, que é a sazonalidade, inerente a qualquer negócio ou produto. Vamos entender melhor como enfrentar a sazonalidade e fazer dela uma oportunidade de lucrar? Mas antes:

O que é sazonalidade?

Períodos comemorativos, como Natal, Dia das Mães e Dia dos Namorados são marcados por aumentos nas vendas, por isso o processo de distribuição deve ser muito bem planejado para lidar com a variação quando terminarem. Em âmbito de mercado, a sazonalidade diz respeito a qualquer produto ou serviço sujeito aos altos e baixos de demanda do consumidor. Pode ter origens climáticas, eventos periódicos, datas comemorativas, entre outros. Ela interfere diretamente no faturamento, por isso cuidados devem ser tomados.

Por exemplo: uma sorveteria vende muito durante o verão, obtendo ótimos lucros ao longo da estação. Isso é sazonalidade positiva Mas o empresário precisará se preparar para a queda nas vendas durante as estações mais frias. Essa é a sazonalidade negativa.

Explorando a sazonalidade positiva

É necessário um conhecimento amplo sobre seu ramo de atividades e ficar sempre atento às oportunidades. Todos os períodos sazonais devem ser previamente planejados. Se você começa a pensar no Dia dos Namorados com apenas um mês de antecedência, é quase certeza de que vai dar errado.

O planejamento permite que você identifique a quantidade certa de mercadoria que precisará ser ajustada, afinal, atrasos e falta de produto no estoque não são opções. Verificar os números dos anos anteriores é de extrema importância: isso ajuda a prever o crescimento das vendas. O ideal é que assim que acabar determinado período já se comece a estudar o que fazer para melhorar ainda mais no próximo ano.

Se as vendas aumentam, o trabalho também. Invista em seu time de logística, estoque e SAC. São os departamentos que mais sofrem impacto, devido a procura maior pelo produto. Com um time que consiga atender às demandas você garante que o atendimento, as vendas e o tempo de entrega não sejam prejudicados.

Você pode gostar também: Empreendedorismo e liderança: juntos para o crescimento da sua empresa

Explorando a sazonalidade negativa

As sazonalidades negativas precisam ser muito bem planejadas, pois oferecem um risco alto de prejuízo. Voltando ao exemplo da sorveteria: o empresário certamente que sabe dos aspectos climáticos da sua região e quais são os períodos de temperatura baixa. Dessa forma, ele pode se programar com antecedência.

Se o consumo de sorvetes é reduzido, então que se pense em outros produtos como alternativa, como café, chocolate quente, chás etc. Independente do seu negócio, a sazonalidade deve ser encarada com produtos complementares que possuem uma demanda que não sofra variação neste período. Para saber quais produtos são esses, é preciso estudar o contexto da sazonalidade, como a época. Para ambas as sazonalidades (positiva e negativa), é importante ter um capital reserva (ao menos 30% do lucro mensal obtido).

Sendo assim:

  • Avalie se vale a pena operar em períodos de sazonalidade negativa. Se a demanda for muito baixa, cobrir os custos fixos e operacionais pode ser bem difícil, então é bom cogitar não operar até a poeira abaixar;
  • Se a dependência sazonal do seu negócio é drástica, como no caso da sorveteria, considere começar um negócio para outras épocas do ano;
  • Permita-se descansar. Durante a baixa temporada, quando você tem mais tempo livre, invista em você mesmo, afinal, até os maiores workaholics precisam de descanso para voltar ao trabalho com as energias recarregadas.
  • Use a baixa temporada para pesquisas e desenvolvimento. Você vai precisar de tempo para preparar novos produtos, diversificar. Enquanto as coisas estão meio lentas, vá se preparando para a boa temporada com novidades para seus clientes.

A sazonalidade atinge até mesmo as empresas que acham que são imunes. Então, basta reconhecer essas especificidades e como elas afetam o seu negócio para começar um bom planejamento com plano de ação e evitar, “do nada”, uma queda no volume de vendas ou prestação de serviços, deixando você sem dinheiro. Se você chegou até o fim deste texto, já está avisado, portanto, mãos à obra!

Gostou deste conteúdo? Curta, compartilhe e deixe sua sugestão ou comentário. E não se esqueça de assinar a nossa newsletter, seu feedback é muito importante para nós. Até a próxima!

Tem dúvidas sobre contabilidade?

Veja Também:

Como Chegar

Clique para acessar o mapa

205 Sul, Av. LO 05, Lote 30-A
Palmas/Tocantins
77015-260
atendimento@primecont.net
63 3216-1284

Ver no Mapa