Saúde financeira: 4 dicas para otimizar sua gestão

Saúde financeira: 4 dicas para otimizar sua gestão

"Saúde financeira" ou "sustentabilidade", se você acompanha conteúdos sobre empreendedorismo, com frequência deve ouvir falar nesses dois termos. Bom, o significado desses termos são auto explicáveis, mas você sabe o que fazer para torná-los realidade na sua empresa?

Capital de giro é o termo que define o dinheiro de reserva que garante a continuidade de suas operações. Seu objetivo é suprir as necessidades imediatas da empresa, independente de possíveis lacunas de tempo entre pagar e receber pela sua mercadoria ou serviço.

Em uma conta básica, some os valores em caixa, o estoque e o dinheiro a receber. Subtraia desse valor as contas a pagar, os impostos e as despesas. O resultado dessa operação é o seu capital de giro disponível. Fácil, né?

Porém, conseguir administrar o capital de giro e fazer com que ele seja um suporte sólido para o crescimento da empresa é um pouco mais complicado e demanda controle, disciplina e estratégia. Continue lendo e aprenda algumas dicas básicas para uma boa gestão do capital de giro.

Controle é o começo de tudo

Ter um controle preciso sobre entradas e saídas, prazos de vencimento e datas de recebimento é o básico para a gestão do capital de giro. Controlar os seus números te permite fazer análises e projeções e bolar as melhores estratégias para conseguir economizar. A economia nos seus gastos e a otimização dos seus lucros são a chave para acumular um bom capital de giro.

Tenha tudo na ponta do lápis. Se for possível e preciso invista em algum software de gestão e automatize os trâmites da sua empresa. Uma boa assessoria contábil também é de grande valor para seguir essa dica sem ter tanto trabalho!

Negocie prazos com os fornecedores

Não abra mão dos prazos, mesmo que tenha dinheiro o suficiente para cobrir a demanda que se apresenta no momento. Quando se trata de um bom planejamento e gestão do capital de giro, o prazo é um elemento de grande valia para a empresa pois te dá margem para trabalhar melhor o seu capital e promover um equilíbrio entre entradas e saídas.

Antecipar pagamentos também podem representar um percentual de economia quando se trabalha com fornecedores que concedem descontos para acertos à vista. No entanto é preciso pensar estrategicamente e ponderar, levando em conta a totalidade dos fornecedores, em quais casos o prazo ou a antecipação representam mais vantagem para o melhor ajuste das contas.

Esteja atento à gestão de estoque

Na maioria dos casos a compra de volumes maiores possibilita a economia pois diminui o valor unitário da mercadoria. O estoque é uma das variáveis que compõe o capital de giro, no entanto a compra em grandes volumes, que podem demorar muito para ter saída, significa que uma parcela do seu capital estará simplesmente parada no depósito e pode prejudicar a sua gestão.

Mais uma vez é necessário encontrar o equilíbrio entre o que é mais vantajoso financeiramente sem prejudicar a sua gestão e, consequentemente, a sua capacidade operacional. Seja rigoroso no seu controle de estoque e dessa forma tenha na planilha quais produtos têm maior saída. Essa atitude vai te dar as informações necessárias para decidir quais produtos compensam comprar em volume maior sem afetar o seu poder de operação.

Estimule o pagamento no dinheiro

O consumidor comum cada vez mais se utiliza do pagamento no crédito como forma de administrar suas finanças, esse fator já é uma realidade em quase todos os setores do mercado brasileiro. No entanto este mesmo consumidor também está atento às vantagens à sua disposição e o empresário pode utilizar isso a seu favor.

O pagamento no crédito simboliza uma entrada futura enquanto no à vista a empresa tem acesso imediato ao capital que pode se converter em capital de giro. Ambos são importantes. Estimule o pagamento à vista, seja com descontos, brindes ou promoções que representem algum ganho ao cliente. Dessa forma a sua empresa sempre terá alguma quantia à disposição para quitação de contas ou mesmo pequenos investimentos.

Controle, economia e estratégia. Essas três palavrinhas-chave estão interligadas e são essenciais para se implementar uma gestão bem sucedida do capital de giro. A manutenção e o emprego consciente desta reserva operativa, além de propiciar uma maior tranquilidade na administração do seu negócio, significa uma maior robustez da empresa em momentos de crise e o combustível que impulsiona a conquista do destaque e da competitividade perante o mercado.

Se gostou das nossas dicas pode compartilhar o conteúdo! E não esqueça de deixar um comentário com a sua opinião.

Tem dúvidas sobre contabilidade?

Veja Também:

Como Chegar

Clique para acessar o mapa

205 Sul, Av. LO 05, Lote 30-A
Palmas/Tocantins
77015-260
atendimento@primecont.net
63 3216-1284

Ver no Mapa